Conheça os principais cuidados com a pele no verão.


O filtro solar é obrigatório no verão, período em que os raios de sol estão mais intensos e podem causar danos à sua pele. Escolha um filtro no mínimo fator 30 compatível com a sua pele e use antes de aplicar a maquiagem.

Mas além do filtro, há outros cuidados que se deve tomar.

Confira as dicas da dermatologista Cristina Mendes para curtir a temporada de verão sem medo.

Troque o creme por um gel

No tempo mais quente, O gel é mais leve e hidrata. Se sua pele for oleosa, experimente uma espuma de limpeza. Mais tempo ao ar livre significa mais exposição a poluentes, que podem grudar no hidratante e na maquiagem e acentuar os sinais da idade. Por isso, lave o rosto todas as noites com sabonete neutro.

Use loção hidratante

Os cremes pesados contêm lipídios capazes de obstruir os poros e provocar espinhas nos meses mais úmidos. Prefira loções ou géis hidratantes.

Abuse de chapéus e viseiras

Cada 2 cm de aba do chapéu aumenta em 10% a proteção do rosto. As viseiras estão na moda! Esportivas ou coloridas, leve sempre na bolsa de praia.

Mormaço também queima

Podem surgir queimaduras de sol em dias nublados, quando o ar mais fresco nos convence a deixar de lado o filtro solar. No entanto, as nuvens só bloqueiam 20% dos raios ultravioleta. Aplique filtro solar como faz nos dias ensolarados.

Espalhe por toda a pele

Um número grande de casos de câncer de pele surge atrás das orelhas e em outras áreas que podem ser ignoradas na aplicação do filtro solar. Proteja as costas, a nuca, pescoço, mãos e a parte de cima dos pés.

Ajuda com a alimentação

Estudos mostram que os alimentos ricos em antioxidantes (frutas e legumes coloridos, chá verde gelado e nozes) e probióticos (iogurte grego com cultura ativa) oferecem mais uma camada de proteção solar de dentro para fora.

E o sono, como fica no calor?

Para acordar com disposição e bom humor é necessário que o corpo descanse o suficiente e, principalmente, que o sono da noite seja de qualidade. Mais importante que a quantidade de horas dormidas, é a qualidade do sono, que precisa passar por todos os estágios necessários para a recuperação das energias.

Dias mais longos

Cumprir a meta de dormir pelo menos oito horas por noite torna-se mais difícil durante o verão. Com as altas temperaturas, ninguém quer ir para a cama mais cedo e as pessoas acabam dormindo menos.

Além disso, o clima quente causa desconforto e deixa o corpo dolorido. Outro fator que prejudica o sono no verão são os dias mais longos, que aumentam o período de exposição à luz solar. Quanto maior a claridade, menor a produção de melatonina, o hormônio que promove sonolência e é produzido apenas na escuridão.

Proteja sua pele do ar condicionado

O ar condicionado retira a umidade do ar do ambiente e prejudica a lubrificação natural da pele, deixando-a seca, sem brilho e muitas vezes apresentando descamação em áreas como rosto, mãos, pernas e pés. Para completar, assim como os cabelos, as unhas também ficam quebradiças.

A dermatologista Cristina Mendes explica que, para se proteger do ressecamento do ar-condicionado, é preciso tomar alguns cuidados, que devem começar desde o banho. Deve ser um banho rápido, não muito quente e com sabonete hidratante. Também é importante não tomar muitos banhos ao dia. Se for mais de um, que seja usado o mínimo de sabão possível, apenas nas áreas dobradiças, porque ele retira a gordura que protege a pele.

A dra. Cristina também aconselha beber muita água, usar protetores labiais, além de hidratante corporal e facial e ainda hidratar os cabelos com condicionador e cremes específicos.

Fonte: Blog Ortobom

25/01/2019 | 256 | Se você também curtiu essa postagem, clique aqui >> 64

  • Compartilhar

A melhor opção para seu sono.

Fale Conosco